Blog da Zimmatic

Dia mundial da água celebra uso cada vez mais sustentável na agricultura

Mar 22, 2021

Dia mundial da água celebra uso cada vez mais sustentável na agricultura

Criado em 1993 na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial da Água, celebrado desde então todo dia 22 de março, é uma data muito importante e um marco principalmente para a agricultura brasileira. O setor que sempre foi muito julgado pela utilização do recurso, hoje é um dos segmentos mais eficientes e sustentáveis quando o assunto é produzir mais consumindo menos. Uma das principais ferramentas responsáveis diretamente por essa mudança são as tecnologias para irrigação que permitem ao produtor irrigar as culturas na quantidade necessária, no momento certo e no local adequado evitando desperdícios ou estresse hídrico nas culturas.

A agricultura irrigada tem crescido constantemente nas últimas décadas, mesmo em períodos instáveis e negativos da economia brasileira. Entre 2012 e 2019, por exemplo, a intensificação da atividade teve incremento na ordem de 4% ao ano no Brasil. Nesse período, foram incorporados cerca de 216 mil hectares irrigados ao ano. Além disso, em 2019 o valor da produção irrigada superou a importante marca de R$ 55 bilhões.

O mais recente levantamento da Atlas Irrigação, coordenado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), comprovou a evolução da irrigação e sua importância na produção sustentável da agricultura nos últimos anos. Segundo o estudo, o país alcançou 8,2 milhões de hectares irrigados, sendo cerca de 64,5% ou 5,3 milhões de hectares usam água de mananciais e 35,5% ou 2,9 milhões de hectares são fertirrigados com água de reuso. A pesquisa apontou ainda, que o Brasil tem potencial de expandir sua área irrigada em mais 4,2 milhões de hectares até 2040.

A agricultura irrigada proporciona uma produtividade de 2 até 3 vezes maior do que áreas de sequeiro (não irrigadas). Além disso, a técnica oferece outras vantagens como: melhoria na qualidade dos produtos, redução de custos unitários, atenuação dos impactos da variabilidade climática, otimização de insumos e equipamentos, aumento na oferta e na regularidade de alimentos, assim como a modernização dos sistemas de produção.

Além de sua importância econômica, a irrigação contribui decisivamente para a segurança alimentar e nutricional da população brasileira. Alimentos típicos da dieta nacional – arroz, feijão, legumes, frutas e verduras – são produzidos em grande medida por meio da irrigação. No caso do arroz e da horticultura, mais de 90% da produção utiliza o método.

Compromisso assumido

A Lindsay sempre assumiu o desafio global em desenvolver novas tecnologias para os sistemas de irrigação. Soluções como o já consagrado FieldNET, há anos ajudam produtores no seu dia a dia preservando recursos, reduzindo riscos e maximizando a produtividade, fornecendo dados para o monitoramento e gerenciamento das lavouras. Ferramentas como essas, contribuem para o consumo sustentável da água, e serão peças fundamentais para que até o ano que vem possamos atingir a meta de economia de 2,76 trilhões de litros de água, o equivalente a 2,6 vezes o tamanho do Sistema Cantareira, um dos mais importantes localizado no estado de São Paulo.

Para ajudar os produtores neste desafio e para serem ainda mais eficientes e econômicos na utilização dos recursos naturais, a Lindsay desenvolveu e está iniciando as vendas de mais uma tecnologia. A novidade é o equipamento 9500HS - High Speed, um pivô de alta velocidade da Zimmatic.

Capaz de operar com até o dobro da velocidade de um motor de acionamento central padrão, o 9500HS pode ajudar a suprir as demandas de água e até obter a diluição correta de produtos químicos em pouco tempo. “Este equipamento tem a capacidade de reduzir o tempo de irrigação pela metade, com isso, o produtor pode programar a irrigação para o período de menor tarifação energética e a irrigação será realizada sem exceder o horário, gerando assim maior economia”, diz engenheiro de aplicação da companhia, Bernardo Norenberg.

Benefícios aos produtores

Embora muitas culturas possam se beneficiar da irrigação em alta velocidade, o pivô 9500HS vai ajudar principalmente os hortifruticultores que produzem variedades de maior valor agregado como, por exemplo, batata, cenoura, cebola e beterraba, entre outras. “A aplicação mais rápida possibilita às culturas o consumo de água de maneira mais eficiente principalmente em solos mais leves, permitindo uma melhor gestão dessas culturas de alto valor”, destaca o engenheiro.

Outro importante diferencial do 9500HS é que ele ainda adapta os pivôs Zimmatic existentes nas propriedades sem a necessidade de alterações mecânicas. Além disso, o modelo foi desenvolvido para funcionar mais rápido e por muito tempo, com uma manutenção mínima.

A novidade que acaba de ser lançada ao mercado está disponível aos produtores de todas as regiões do Brasil. “Os agricultores interessados em conhecer mais essa tecnologia com o selo de qualidade da Lindsay, basta procurar à revenda parceira da região”, finaliza Norenberg.